Polícia / Trânsito

Jovem arremessado a 45 metros após bater caçamba tem piora e segue em coma na Santa Casa

O jovem de 22 anos que teve a perna amputada após um acidente que aconteceu no dia 28 de fevereiro depois de bater em uma caçamba no bairro Centenário, em Campo Grande, teve uma piora no seu quadro clínico devido a infecção contraída na unidade hospitalar. Segundo a assessoria de comunicação do hospital, o paciente […]

Thatiana Melo Publicado em 08/03/2021, às 12h22

(Foto: Arquivo/Midiamax)
(Foto: Arquivo/Midiamax) - (Foto: Arquivo/Midiamax)

O jovem de 22 anos que teve a perna amputada após um acidente que aconteceu no dia 28 de fevereiro depois de bater em uma caçamba no bairro Centenário, em Campo Grande, teve uma piora no seu quadro clínico devido a infecção contraída na unidade hospitalar.

Segundo a assessoria de comunicação do hospital, o paciente segue no CTI (Centro de Terapia Intensiva) sedado, intubado e grave no momento. Está em acompanhamento pela equipe da ortopedia e nefrologia. O rapaz teve uma piora no quadro clínico em decorrência de uma infecção associada a fratura da perna.

Ele segue em uso de medicação para controle. O estado de saúde dele é considerado grave. O acidente aconteceu na madrugada de domingo (28), quando o motociclista bateu em uma caçamba sendo arremessado por cerca de 45 metros. Ele não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Jornal Midiamax