Polícia / Trânsito

Soldados ficam presos em ferragens após carro bater em ônibus na Capital

Com o impacto, o Corsa foi arrastado por aproximadamente 40 metros

Midiamax Publicado em 01/11/2015, às 14h43

None
img-20151101-wa0035.jpg

Com o impacto, o Corsa foi arrastado por aproximadamente 40 metros

Colisão entre um carro e um ônibus deixou dois soldados do Exército presos nas ferragens e uma passageira lesionada na manhã deste domingo (1°), por volta das 10h50, na Rua Brilhante, na Vila Bandeirantes, em Campo Grande. Ninguém ficou ferido com gravidade.

Segundo o motorista do ônibus da linha 081 (Terminal Bandeirantes x Terminal Nova Bahia), Johnny Oliveira, 29 anos, ele seguia pela Rua Brilhante quando, ao chegar ao cruzamento da Rua Doutor José Sebastião Machado, o condutor do Corsa Classic branco, placas NRN-5800, de Campo Grande (MS), não respeitou a preferencial e colidiu com o veículo.

Ainda de acordo com o motorista, o carro vinha em alta velocidade quando se chocou com o ônibus. Com o impacto, o Corsa foi arrastado por aproximadamente 40 metros. No carro estavam o condutor, Lucas da Silva, e o passageiro Mateus de Souza Leal, ambos de 20 anos.

O Corpo de Bombeiros usou o desencarcerador para retirar os rapazes das ferragens. Lucas sofreu uma fratura no fêmur e foi encaminhado para a Santa Casa. Já Mateus sofreu lesões leves.

No ônibus, havia 50 pessoas na hora do acidente. A passageira Kênia Regina, 41 anos, sofreu escoriações e foi encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Guanandi.

O carro ficou com a lateral destruída. A PM (Polícia Militar) interditou o local e o trânsito deve ser liberado após uns 20 minutos após a retirada dos veículos.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias