A Polícia Nacional capturou o acusado pela morte do ex-diretor do presídio de Tacumbú, Óscar Daniel González Olmedo, em julho de 2022. Ele sofreu uma emboscada quando chegava para um almoço em família no Dia dos Pais.

Após meses de inúmeras investigações, uma equipe policial e do Ministério Público conseguiu encontrar o pistoleiro. O acusado, que é conhecido no mundo do crime como ‘Cebola', tem quatro prisões pendentes por casos de homicídio.

O procedimento foi realizado no bairro Cerro Guy, na cidade de Lambaré, na prática de ato punível com roubo qualificado e homicídio, segundo relatório da Polícia Nacional. O preso também pode estar envolvido em outros crimes ocorridos em Pedro Juan Caballero.

Entre as provas apreendidas estavam dinheiro, facas, de fogo caseira, rádio walkie-talkie e diversos documentos de identificação. Além de um veículo e três motocicletas, uma branca, que teria sido utilizada para cometer o crime.

González Olmedo exercia a função de diretor da Penitenciária de Tacumbú quando, em outubro de 2020, foi realizada uma surpresa no setor VIP, onde foi encontrado um laboratório para processamento de drogas.

Segundo a investigação, o crime está relacionado com este fato porque González foi ameaçado, razão pela qual foi afastado do cargo e depois transferido para outra instituição.