Durante a da blitz da na noite de domingo (11), em , homem de 38 anos foi preso em flagrante por maus-tratos, ao agredir o filho de 11 anos. O suspeito estava bastante nervoso e agressivo, segundo os policiais.

Conforme detalhes do boletim de ocorrência, os militares do BPTran (Batalhão da de Trânsito) abordaram o Jeep Compass. A mulher dirigia o veículo e o marido e o filho estavam como passageiros.

A motorista se negou a fazer o teste de bafômetro e os policiais exigiram a chave do carro, que deveria ser entregue para pessoa autorizada. No entanto, o marido tomou a chave das mãos da mulher e disse que não entregaria.

Assim, o filho pediu o celular para o pai, para telefonar para a avó. Neste momento, foi agredido um com um tapa no rosto. Os policiais deram voz de prisão por maus-tratos e o suspeito ainda precisou ser contido, pois estava agressivo e chegou a dizer que os militares não sabiam ‘com quem estavam falando’.

O homem foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol e o delegado plantonista arbitrou fiança de R$ 4 mil. O valor foi pago e o juiz concedeu a liberdade provisória ao suspeito na audiência de custódia.

Desde a sexta-feira (9), o BPTran realiza blitze pela Capital com o Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Mais de 1.500 veículos já foram abordados.

Saiba Mais