Um homem de 46 anos sofreu graves queimaduras ao ter o corpo incendiado na tarde deste quinta-feira (11) no bairro Nova , em Aquidauana, cidade a 141 quilômetros de . A esposa dele, de 44 anos, segundo a polícia, assumiu a autoria e foi presa em flagrante.

Ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) com queimaduras de 2º grau na região do pescoço, ombro, tórax, abdômem e teve 37% do corpo queimado.

De início, o homem de 46 anos foi levado pelo Samu ao Pronto Socorro do Regional Estácio Muniz e depois encaminhado à Santa Casa de Campo Grande. Conforme apurado, os dois ingeriam bebida alcoólica, momento em que iniciaram uma .

Ela então teria pegado gasolina de um veículo na casa e jogado no marido. Ele, ainda segundo informações, jogou mais um pouco de gasolina sobre o corpo e a teria desafiado. Com um isqueiro, a mulher então ateou fogo. O Samu então foi acionado e a mulher de 44 anos presa em flagrante por lesão corporal dolosa.

Outro caso

Nesta quarta-feira (10), um homem, de 27 anos, foi preso suspeito de atear fogo na namorada de 40 anos, em Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande. Ele nega o crime. A vítima teve queimaduras nas pernas e braços após ter o corpo incendiado e o suspeito foi preso nessa quarta-feira (10).

Segundo o delegado Felipe Rossato, o homem alegou que não jogou gasolina na namorada. “Disse que jogou no chão para que ela fosse embora de casa, mas não queria machucá-la”, afirma o delegado. Ele está preso e aguardando de custódia em Água Clara.