Homem, de 28 anos, preso por receptação após a namorada aplicar golpe do ‘boa noite cinderela’ na Expogrande, em Campo Grande, foi solto depois de pagar fiança de R$ 1,4 mil durante audiência de custódia. Ele recebeu parte do valor do golpe, em que a vítima perdeu R$ 21 mil.

À polícia o homem contou que é dono de uma empresa de pintura e que tem renda de R$ 8 mil, mas que estava precisando de dinheiro. Ele negou ter participado do roubo e disse que a namorada ligou pedindo a conta da empresa para receber um Pix e depois ele devolveria.

Moto furtada e recuperada pela Derf. (Foto: Reprodução, Polícia Civil)

Assim, foram feitas várias transferências via Pix que somaram R$ 14 mil e ele devolveu R$ 10 mil a ela em menos de 10 minutos, mas não soube informar se também foi feito Pix para outro colega.

Ele contou ainda que comprou uma motocicleta por R$ 1,5 mil e mandou arrumar. Na mecânica, para o pagamento, passou um cartão que a namorada lhe deu e depois devolveu.

Na audiência de custódia, o juiz decidiu pela liberdade provisória, sob pagamento de fiança de R$ 1,4 mil e comparecimento mensal em juízo.

‘Boa Noite Cinderela’

O ‘boa noite cinderela’ é o crime de roubo com violência imprópria. A vítima, um homem de 55 anos, procurou a polícia e relatou que conheceu duas mulheres na exposição e tomou duas cervejas com elas por volta das 23 horas de quinta-feira (4). 

Logo, ele perdeu a consciência, recobrou a lucidez somente no dia seguinte e percebeu que teve o aparelho celular, uma corrente de ouro e o cartão bancário roubados. Além disso, as mulheres realizaram várias transferências via Pix e pagamentos no débito e crédito com o cartão da vítima, totalizando R$ 21 mil.

A Derf (Delegacia Especializada de Repressão aos Roubos e Furtos) iniciou investigação e constatou que dois homens, de 28 anos, moradores do bairro Cristo Redentor, que possuem passagens por roubo, foram quem receberam as transferências.

Um deles é o que foi preso na segunda-feira (8), logo após usar o cartão da vítima para pagar o conserto de uma moto em oficina no Jardim Campo Alto. 

Ao analisar no sistema policial, os investigadores verificaram que a moto havia sido furtada na última sexta (5) em frente à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Tiradentes. 

Então o suspeito foi preso por receptação e confessou que sua namorada, de 50 anos, é uma das autoras do ‘boa noite cinderela’. A mulher está em liberdade condicional por tráfico de drogas, segundo apurou a polícia.