A disputa pelo poder econômico estaria ligada à guerra de facções entre PCC (Primeiro Comando da Capital) e CV (Comando Vermelho), com a vinda de membros da facção rival do estado de Mato Grosso para a cidade de Sonora, a 361 quilômetros de Campo Grande. Pelo menos seis assassinatos estariam ligados ao conflito travado entre as facções.

Dois membros do Comando Vermelho foram vistos circulando pela cidade, e segundo moradores eram pessoas estranhas que nunca foram vistas antes no município. Os dois estavam em uma motocicleta, de cor preta, que teria sido usada em homicídios anteriores na cidade.

Os dois foram vistos atirando contra três homens em uma calçada. Com a chegada das forças policiais à cidade para combater a guerra entre PCC e CV, foi encontrado um depósito de drogas que era mantido pelo Comando Vermelho em Sonora. 

‘Sherek’, faccionado do Comando Vermelho, acabou preso na última quinta-feira (28), quando os policiais descobriram o depósito de drogas. Durante sua prisão, ele ainda teria gritado “aqui é o comando”, fazendo menção a facção do CV.

Um dos supostos membros do Comando Vermelho, que teria tentado matar três homens na cidade, conseguiu fugir. Segundo informações, ele seria de Pedra Preta, no Mato Grosso.

Troca de facção de ‘Da Leste’ morto em confronto

A troca de facção de Jose Augusto Pereira da Silva, de 28 anos, conhecido como ‘Da Leste’, morto em confronto com a polícia, foi o estopim para a guerra entre organizações criminosas que acontece desde o início de 2024 em Sonora, a 361 quilômetros de Campo Grande. ‘Da Leste’ morreu após atirar contra policiais na manhã dessa quinta-feira (28). 

Já são seis as mortes deste ano ligadas à guerra entre PCC (Primeiro Comando da Capital) e CV (Comando Vermelho), que espalha violência na cidade que possui cerca de 14,5 mil habitantes. 

‘Da Leste’ seria um dos ‘pivôs’ do conflito, pois conforme boletim de ocorrência, ele teria saído de uma facção e integrado a outra. Em meio a esse cenário, ele ameaçava outros faccionados e moradores com arma de fogo. 

E ainda, ‘Da Leste’ era responsável por tráfico de drogas no Centro de Sonora e tinha passagens policiais por este crime. Inclusive, uma mulher que revendia entorpecentes foi presa durante uma operação que aconteceu nessa quinta (28) na cidade. À polícia, ela confessou que havia pego a droga de ‘Da Leste’.

Desde terça-feira (26), equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) estão na cidade, pois na segunda (25) houve mais uma tentativa de homicídio, na qual um motociclista efetuou disparos contra um grupo de homens em uma calçada. 

O crime aconteceu entre as Avenidas do Povo e Wilson Barbosa Martins, na região central de Sonora. Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que o motociclista realiza uma conversão e atira contra os homens. Testemunhas teriam ouvido ao menos quatro tiros.