O vizinho que acabou baleado na tarde desta terça-feira (24), na Rua Miguel Ângelo, Bairro Aero Rancho, em Campo Grande, usou uma pistola glock para ameaçar o PM (Policial Militar) após reclamar sobre uma manga que caiu em seu quintal.

Segundo informações apuradas pelo Jornal Midiamax, a vítima mora em uma casa aos fundos da residência do PM. Eles teriam discutido após a reclamação do vizinho, que ameaçou o PM, saiu e retornou ao local, de carro e armado com a pistola. O PM estava de folga do trabalho no momento do incidente.

O homem ameaçou atirar no policial, no entanto, o PM atirou primeiro. Em contato com a equipe de reportagem, o PM contou que nunca viu este vizinho, mas como ele ameaçou atirar, acabou sendo baleado primeiro. 

O disparo atingiu o quadril da vítima, que foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levado para a Santa Casa. Já o PM foi para a delegacia prestar depoimento, por meios próprios.

Conforme apurado, na residência do vizinho baleado foram encontradas, além da arma, outras duas pistolas e munições. A contagem ainda será feita pela polícia. 

Policiais do 10º Batalhão da PM, Batalhão de Choque, Perícia Técnica e Polícia Civil atenderam a ocorrência.

A vítima possui uma passagem policial por violência doméstica, registrada em 2020.