A PF (Polícia Federal) prendeu um traficante brasileiro, que estava foragido, e é considerado um dos criminosos mais perigosos do Paraguai, durante uma operação que combate o tráfico de drogas e armas em uma propriedade rural de Bela Vista, a 324 quilômetros de Campo Grande, na manhã desta terça-feira (17). A fazenda, alvo da operação, era usada como entreposto de entorpecentes e dos armamentos, e fica próximo à fronteira com o estado paraguaio.

Na operação, que contou com 30 policiais federais, civis e apoio de aeronaves da Sejusp/MS (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul), foi desmantelada uma perigosa organização criminosa, composta por brasileiros e paraguaios, ligadas ao tráfico de drogas e armas. Inclusive, os integrantes desta organização são responsáveis por diversos homicídios ocorridos na região de fronteira entre o Brasil e o Paraguai.

(Divulgação, PF)

De acordo com a PF, a região onde a fazenda fica localizada é de difícil acesso para impossibilitar a aproximação das forças de segurança brasileiras. A área também era usada como refúgio de foragidos ligados à facção criminosa nacional. No local, foram encontradas três armas de fogo longas, maconha, munições e motos adulteradas, além de fitas adesivas, balança e sistema de rádio amador, tudo utilizado no tráfico.