Um de 61 anos foi preso e levado para a na noite dessa segunda-feira (29), em uma cidade de Mato Grosso do Sul, depois de tentar estuprar e matar a neta de 14 anos que estava sob seus cuidados. Um revólver e munições foram apreendidas na casa do autor.

A havia deixado as filhas, sendo uma delas a adolescente de 14 anos, sob os cuidados do avô, na última sexta-feira (26). Segundo relatos da vítima, no mesmo dia, ele a puxou para fora de casa pelos cabelos. 

O autor tentou enforcar a menina e estuprá-la, mas ela conseguiu escapar e se trancar no quarto junto da irmã. O avô foi atrás e tentou arrombar a porta a base de chutes, mas não conseguiu. Na madrugada de domingo (28), ele novamente tentou estuprar a neta.

A menina contou que ele estava armado e ela correu para fugir, sendo que o avô fez três disparos contra a vítima, mas nenhum tiro acertou a menina que correu para a casa de um vizinho. O autor ainda tentou tirar a menina da casa do vizinho, mas sem sucesso.

A mãe da menina retornou na segunda-feira (29) e ao saber do que havia ocorrido buscou a filha na casa do vizinho e chamou a polícia. Foi feito um cerco na residência e o autor preso. Os policiais apreenderam na casa um revólver e munições, além de uma carabina.

O Conselho Tutelar foi acionado e todos levados para a delegacia, onde foi registrado um boletim de ocorrência por estupro e homicídio, ambos na forma tentada.