O suspeito de incendiar uma casa com duas crianças, de 5 e 11 anos, em Sidrolândia, e deixá-las com queimaduras graves, foi preso pela polícia em Nioaque, a 187 quilômetros de , no início da tarde desta sexta-feira (8). aconteceu na noite de quinta-feira (7) e suspeito seria o ex-marido da mãe das meninas.

Conforme a delegada Bárbara Fachetti Ribeiro, responsável pelo caso, o suspeito foi preso pela polícia de Nioaque e será levado para a de Sidrolândia, onde prestará depoimento. Ela adiantou à reportagem do Jornal Midiamax que será efetuada a prisão em flagrante do homem e ele poderá responder pelo crime de incêndio doloso. 

Ainda segundo a delegada, a residência passa por perícia e não há confirmação de que as tenham sido espancadas antes da casa ser incendiada. As crianças, que estão internadas em coma induzido na Santa Casa de Campo Grande, ainda passarão por exames de corpo de delito.

Incêndio

A casa foi incendiada na noite dessa quinta-feira (7) quando a mãe das meninas estava trabalhando. Ela foi avisada pelos vizinhos e confirmou que havia deixado as crianças sozinhas para trabalhar, mas que os vizinhos sempre ficavam de ‘olho’. 

Segundo informações, uma vizinha que acionou o resgate disse ter visto um homem de aproximadamente 1,90 de altura, de short, camiseta branca e tênis, saindo do terreno da residência. Ele estava em uma motocicleta Honda, de cor vermelha, e teria dito que iria buscar ajuda e, em seguida, foi embora.

Saiba Mais