'Tinha sorriso contagiante': Família e amigos lamentam morte de jovem a mando do ex-marido

Marido e outros dois presos negaram o crime
| 25/07/2023
- 17:31
'Tinha sorriso contagiante': Família e amigos lamentam morte de jovem a mando do ex-marido
Maurilia Sartori Marques foi atingida a tiros no rosto em Nova Andradina (Redes Sociais)

Amigos e familiares de Maurilia Sartori Marques, de 27 anos, que morreu nesta terça-feira (25) no em , após 13 dias internada, depois de ser ferida por três no rosto, a que tudo indica, a mando do ex-marido, lamentaram a perda da jovem. Duas pessoas foram presas pelo crime. O ex-marido que já estava preso negou o crime.

Em publicações e comentários nas redes sociais, amigos relembram o sorriso contagiante dizem o quanto ela era 'cheia de vida'.

"Mesmo sabendo que um dia a vida acaba, não estamos preparados para perder alguém. Sei que vc lutou muito pela sua vida, sempre vou lembrar de vc com esse sorriso contagiante! Valeu todos os momentos que passamos, que Deus cuide eternamente de vc aí em cima, você será sempre e eternamente lembrada por todos com muito carinho e respeito", publicou uma jovem no facebook.

 

Acompanhado de uma foto de Maurilia, os comentários curtos, mas indignados com a vida interrompida tomaram conta das publicações.

"Descansa em paz guerreira", dizia uma amiga. "Descansar em paz minha amiga vc sempre vai morar nos coração", comentou outra.

"Não da nem pra acreditar", escreveu outra jovem. "Meus sentimentos uma menina linda, cheia de vida. Teria tudo pra ser feliz", comentou um homem.

 

Feminicídio e prisão

A mulher estava sofrendo ameaças de seu ex-marido, que está preso em regime fechado em Dourados. A suspeita é que ele seja o mandante do crime.

Dois são suspeitos de terem participado da execução do crime, sendo um que teria ido até o local, casa onde a vítima estava em Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande, e efetuado os disparos, enquanto a participação do outro seria no planejamento do crime.

Uma testemunha contou aos policiais que estava na casa no momento do crime, e que o autor, quatro dias antes do crime, foi até a residência da vítima para buscar a que era do ex-marido da amiga.

 

Já no dia dos disparos, o suspeito entrou na casa e ao ver a moradora atirou três vezes contra ela. Haviam crianças no local no momento do crime.

Os dois foram presos, segundo a delegada Laís Alves da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) e negam o crime. "Um dos envolvidos foi preso em um tráfico de drogas na data dos fatos e está preso preventivamente por este fato, por hora", explicou a delegada.

Preso, o ex-marido foi ouvido e também negou o crime.

Veja também

Homem foi colocado dentro de um carro pelos bandidos

Últimas notícias