Um homem que não teve identidade divulgada se entregou na última segunda-feira (23) aos agentes da Segunda Delegacia de do bairro General Díaz, de Pedro Juan Caballero. Ele era procurado pela justiça paraguaia.

Segundo informações policiais, o professor é acusado de contra uma criança que também é residente na cidade paraguaia que faz fronteira com , no .

De acordo com o comissário Rubén Galeano, chefe da polícia local, o foragido teria inicialmente procurado um dos tribunais criminais de garantias do Palácio de Justiça Pedro Juan Caballero.

Saiba Mais