O (Policial Rodoviário Federal) Altamir Arruda, de 39 anos, morreu no sábado (30) após sofrer um acidente durante passeio em Anastácio, cidade a 137 km de Campo Grande. O policial caiu durante um passeio a cavalo. 

Segundo o site A Princesinha News, Altamir morava em Campo Grande e visitava os pais na Colônia Chora-Chora em Anastácio. Durante um passeio a cavalo na propriedade de seus pais, ele acabou caindo do animal e devido à gravidade dos ferimentos, morreu.

O Sinprf (Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais) de MS publicou nota de pesar pela fatalidade. “É com profundo pesar que o Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do lamenta a perda do PRF Altamir dos Santos Arruda, que faleceu neste sábado (30) em Anastácio. Neste momento de dor e saudade, o Sinprf presta solidariedade a todos os entes enlutados e amigos. Nossos pensamentos estão com vocês”, diz a nota.

“Altamir, seu compromisso e amor pela PRF permanecerão sempre em nossos corações e memórias. Descanse em paz! Obrigado por ter sido parte da família PRF. Você fará muita falta”, encerra o Sinprf.

Redes sociais

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte do policial. “Gente como a gente. Altamir era assim, obstinado. O menino marrento, que plantava seu roçado para ter autonomia financeira, virou advogado e concursado na PRF”, escreveu Noêmia dos Santos Moura, ex-professora de Altamir no ensino fundamental.

“Perdi sobrinho, cunhado, primo e agora um amigo que praticamente era um irmão que não tive de sangue. Crescemos juntos na zona rural”, lamentou Neide Souza.

Saiba Mais