Denúncias sobre a venda de bebidas alcoólicas falsificadas levaram policiais da Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) a batidas em conveniências e distribuidoras, na tarde desta segunda-feira (30), em Campo Grande. Ao menos quatro estabelecimentos são alvo da ação.

Em uma distribuidora localizada no II, foram apreendidas várias garrafas de Vodka e Whisky. Bebidas sem comprovação de procedência e com rótulo em língua estrangeira também foram apreendidas.

O órgão estadual de  e Defesa do Consumidor interditou o local. A empresa não possui alvará de funcionamento atualizado e não tem código de defesa do consumidor disponível. A distribuidora só poderá funcionar depois de ser regularizada.

Bebidas sem procedência foram apreendidas. (Henrique Arakaki, Jornal Midiamax)

A quantidade de bebidas apreendidas será contabilizada, na delegacia, após a apreensão. Depois disso, os materiais serão destinados para a fabricação de álcool em gel e as embalagens serão enviadas para tratamento de descarte de reciclagem.

De acordo com o delegado Reginaldo Salomão, o proprietário será conduzido para delegacia para prestar esclarecimentos. Ele também pode responder por contrabando e descaminho.

Uma conveniência localizada na Rua Antônio Maria Coelho, na Vila Planalto, também é alvo da nesta tarde. Outros locais serão fiscalizados ainda hoje (30).

(Leitor Midiamax)
Outra loja de bebidas fiscalizada pela Decon e Procon ainda nesta tarde

*Material atualizado para correção e inserção sobre a fiscalização do Proncon-MS às 8h20 do dia 31 de outubro.

Saiba Mais