A (Polícia Militar Ambiental de Batayporã) aplicou R$ 100 mil em multas durante a contra crimes ambientais no Assentamento São João , cidade a 297 quilômetros de , entreos dias 13 a 17 de novembro.

De acordo com a polícia, durante patrulhamento terrestre no assentamento, na BR 267, os policiais localizaram desmatamento em reserva legal, sem qualquer autorização . Diante da irregularidade, o proprietário foi autuado administrativamente em R$ 30 mil.

Ainda segundo a PMA, em continuidade a operação, no referido assentamento, a PMA se deparou com uma atividade de carvoejamento em desacordo com a licença obtida. Em razão disso, o proprietário foi autuado em R$ 56.820,00 e a carvoaria teve suas atividades paralisadas, além disso, todo o material, que estava irregular, foi apreendido.

Finalizando a Operação, em fiscalização ambiental no Assentamento São João, os policiais ambientais localizaram uma outra atividade de carvoejamento, também irregular, descumprindo a determinação de embargo emitida pelo órgão competente. O proprietário foi autuado administrativamente em R$16.500,00 e as atividades da carvoaria foram paralisadas, além de todo material ter sido apreendido.

Todas as ocorrências foram encaminhadas a Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina para as providências relativas aos crimes ambientais.

A Policia Militar Ambiental de Batayporã ressalta que embora tenha encerrado a operação, as fiscalizações na região continuam. A PMA conta com o apoio da população do Vale do , e se coloca à disposição para palestras, orientações e denúncias por meio do telefone (67) 3443-1095.

Saiba Mais