Agentes da 13ª Delegacia do bairro Guarani investigam ataques de pistoleiros contra residências de duas magistradas da Justiça do Paraguai. Os disparos aconteceram na madrugada desse sábado (9) em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

Segundo informações da Polícia Nacional, vários tiros de pistola foram disparados contra a residência da juíza criminal da cidade fronteiriça, Mirna Carolina Ocampo Ramírez. Ela mora com a irmã Vivian Quiñones, que também é magistrada em Capitán Bado.

Os ataques ocorreram na Rua Cerro Leon, entre Iturbe e Avenida Carlos Domingues. Segundo testemunhas, dois pistoleiros estavam em uma motocicleta e abriram fogo contra a residência das irmãs.

Magistrados paraguaios pedem apuração rigorosa (Foto: Divulgação)

No local, os agentes da Polícia Nacional recolheram 56 cartuchos de balas 9 milímetros. As imagens do circuito de câmeras estão sendo analisadas pelos investigadores. Magistrados paraguaios pedem apuração rigorosa sobre o caso.