Marido de Mikaela Oliveira Rodrigues, de 22 anos, suspeito de ter assassinado a jovem na manhã desta sexta-feira (8), em Anastácio, a 135 quilômetros de Campo Grande, enviou um áudio para o padrasto da vítima confessando o crime.

Na mensagem, enviada via WhatsApp, ele diz que estava sendo traído pela mulher e ressalta que estava informando o padrasto dela para que ele pudesse encontrar o corpo da vítima.

“O negócio é o seguinte, peguei a Mikaela me traindo com o ****. Eles já estavam há quatro meses juntos. Quando eu tava trabalhando, eles tavam de sacanagem lá e eu fiz merda, tá?! Tô avisando você, pra você ir lá ver o corpo”, confessa.

Depois de cometer o crime, o marido de Mikaela fugiu e levou os dois filhos do casal. Na fuga, ele usou um veículo Corsa, branco. Informações repassadas ao Jornal Midiamax indicam que o suspeito deve se entregar ainda hoje, em Campo Grande.

O caso foi registrado como feminicídio, em Anastácio, onde ocorreu o crime. Até o momento, não há informações sobre o paradeiro do suspeito e dos filhos do casal.