O medo toma conta de moradores e de quem passa pela região da Vila Piratininga e Vila Ipiranga em Campo Grande, isso porque esta semana têm ocorrido vários relatos de pessoas, vítimas de ladrões nas redondezas.

Os relatos chegaram, inclusive, por grupos de WhatsApp, alertando a população. “Residente nossa assaltada cerca de 6:50, a uma quadra do hospital. Diminuiu a velocidade para o quebra mola e então encostou a moto do lado. Dois cidadãos e uma arma na cara da menina. Destemidos, afinal aqui passa polícia o dia todo por conta do caminho p o IML”, diz uma das mensagens.

Segundo apurou a reportagem, entre as vítimas estão dois residentes e um acadêmico do .

Por volta das 6h50 de terça-feira (14) uma jovem, de 25 anos, foi vítima de bandidos na Rua Anhanguera. Ela contou à polícia que estava indo para o Hospital Universitário quando um indivíduo, de jaqueta e capacete preto, a abordou e apontou a arma dizendo: “Passa o celular, fica quieta ou vou te dar um tiro”. A jovem entregou a mochila e o aparelho celular. O ladrão ainda pediu o carregador. Logo em seguida a mandou virar de costas e fugiu.

No dia anterior (13), na Rua 9 de Julho, próximo da Rua Dona Carlota, um rapaz, de 29 anos, também foi assaltado. Segundo o boletim de ocorrência, ele disse que foi abordado por dois homens em uma Honda Titan, de cor vermelha. O ladrão que estava na garupa, apontou a arma e disse: “Não olha e passa tudo”. Após entregar todos os pertences, os criminosos fugiram.

Ainda na terça-feira, outra jovem, de 27 anos, foi alvo dos ladrões, por volta das 8h30, na Rua Bocaina. A jovem contou aos policiais que estava indo trabalhar a pé e que havia um indivíduo parado na calçada ao lado de uma motocicleta. Armado, o homem a mandou entregar tudo o que tinha. Ela contou que era estudante, mesmo assim o homem a pressionou e mostrou novamente a arma. A mulher entregou os pertences. Que na mochila havia a chave de casa, por isso teme que o homem tenha visto a casa onde saiu, além de seu carimbo médico.

E não são apenas assaltos à mão armada, moradores estão sofrendo com furtos em residências também. Ainda na terça-feira, uma jovem, de 22 anos, teve a casa invadida por bandidos, que levaram televisão e um notebook, na Rua Pedro de Toledo, a poucas quadras dos outros casos. Ela percebeu o crime após chegar em casa e visualizar a porta da cozinha arrombada.

A vizinha da vítima, uma mulher de 39 anos, também foi alvo dos bandidos, que agiram no mesmo modus operandi. O ladrão arrombou a porta da cozinha e levou uma televisão.

Todos os casos foram registrados na 5ª de Polícia Civil.

morador
Casos foram registrados na 5ª Delegacia (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

Saiba Mais