Moradores do bairro Danúbio Azul estão apreensivos após o assassinato de um jovem de 22 anos na noite de quarta-feira (1°), em . Essa é a segunda na região em menos de dois meses.

O Jornal Midiamax esteve no bairro na tarde desta quinta-feira (2), mas diversos moradores não quiseram falar com a reportagem e demonstravam medo da violência do bairro.

Moradores afirmam que nas ruas falta iluminação e policiamento, o que contribui para o clima de tensão. Moradora afirma que deixa o portão sempre fechado e evita sair na rua, pois tem medo da região e da grande quantidade de usuários de nas ruas.

O jovem Erick Luciano Santos Lopes, 22, foi assassinado com dois após se envolver em uma briga horas antes. Dois homens, sendo pai e filho, foram presos na madrugada suspeitos do crime.

Jovem morto em confronto com a polícia

Em agosto, outro jovem de 22 anos foi assassinado. Marco Antônio Arguelho de Almeida era procurado pela polícia após ter sido acusado de furtar um supermercado na região do Danúbio Azul.

Os policiais encontraram o jovem em casa, armado com um revólver calibre .12, e em confronto com a polícia foi morto com um tiro. Ele tinha extensa ficha criminal e acumulava crimes como roubos e furtos, ele inclusive, havia acabado de sair da prisão.

Saiba Mais