Um idoso de 64 anos morreu na noite desta segunda-feira (16), na Santa Casa de Campo Grande, após ter uma medicação que não podia tomar aplicada por enfermeiros. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Na delegacia, o irmão contou que o idoso foi levado inicialmente para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino e depois devido ao seu estado de saúde foi encaminhado para a Santa Casa. No hospital, enfermeiros aplicaram cinco ampolas de um anticonvulsivo nas bolsas de soro do idoso.

Mas, segundo o irmão da vítima, ele não poderia tomar tal medicamento, mas relata que não avisou aos médicos sobre a restrição de medicação. Após três minutos que a medicação foi aplicada, o idoso começou a desfalecer e foi levado para a área vermelha. 

Em seguida, foi tentada a reanimação, mas o idoso morreu. O irmão procurou a delegacia acreditando ter se tratado de erro médico.