A família de uma adolescente de 14 anos que desapareceu após sair da escola onde estudou na quarta-feira (15), no Bairro Jardim dos Estados, está desesperada à procura da jovem.

A da menina, de 44 anos, explicou que a filha sai de casa às 5h40 para pegar o para ir à escola e que, na saída, a espera no ponto de ônibus, mas na quarta-feira a adolescente não voltou. “Eu fiquei lá no ponto. Passaram mais de três ônibus e ela não desceu de nenhum. Daí fui na vó dela que mora perto, mas ela também não estava lá. Aí entrei em desespero. Liguei na escola, falei com as amigas, mas sem resposta até agora”, explica a mãe.

A mãe conta que pela manhã achou que a filha estava estranha e por isso não ia deixá-la levar o celular, mas como a garota insistiu falando que precisaria para um trabalho entregou. “O celular dela só dá desligado”, disse.

A moradora lembrou ainda que a filha sempre a avisava quando saía da escola, quando estava chegando, mas que desde então não tem notícias.

A mãe acredita que um rapaz possa ter pego a filha na saída da escola. “Umas amigas disseram que ela postou foto com um rapaz e depois sobre uma festa, mas eu não sei a rede social dela, não consegui mais informações. Tenho medo de ele estar drogando ela. Ela já estava estranha”, lamentou.

A mulher contou que chegou a acionar a Polícia Militar, mas foi orientada a esperar 24 horas para registrar o desaparecimento, por isso o boletim só foi registrado na tarde de ontem (16). “Eu estou a pé, não tenho como ficar saindo. Ontem gastei o que tinha com motorista de aplicativo para procurar ela”, relata.

Sobre o comportamento da filha, a mãe afirma que ela não aceita muitas regras. “Eu não deixo ela sair, não deixo namorar, mas também não lava um copo aqui em casa. Ela queria trabalhar, mas não conseguiu. Eu não tenho fixo. Daí coloquei ela em tempo integral para estudar bastante pra ser alguém na vida”, conta ainda em desespero.

* A adolescente foi encontrada e a matéria editada às 10h40 de 18/03 para atualização

Saiba Mais