Pedro Júnior Regolin, de 40 anos, foi executado com um tiro na cabeça que transfixou de um lado para o outro, na noite desta quinta-feira (16), em Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande. A irmã de Pedro estava no banco traseiro quando o crime aconteceu.

A irmã de Pedro contou que estavam no Ford Ka, ela, a vítima e mais um amigo, quando por volta das 19 horas, trafegavam pela Avenida Parque sentido Avenida Santa Catarina, e notou que um veículo, de cor vermelha, pareou ao lado esquerdo, próximo à janela de Pedro, e subitamente o ocupante do carro efetuou três disparos, que pareciam de uma espingarda em direção a eles.

Logo após os disparos, os autores fugiram em alta velocidade em uma rua transversal, na Rua Fátima do Sul. Após Pedro ter sido atingido na cabeça, ela notou que o veículo continuou andando por vários metros do local dos antes dela alcançar e puxar o freio de mão até a parada total do veículo.

O foi acionado junto da Polícia Militar. Foram encontrados dois cartuchos deflagrados de calibre .12, de cor vermelha e sem marca, há cerca de 500 metros do lugar onde o veículo Ford Ka estava parado. No local, não há câmeras de segurança que pudessem ter flagrado a ação criminosa.