O dono de uma conveniência de 37 anos, em , a 239 quilômetros de Campo Grande, foi preso na madrugada desta quinta-feira (9) com munições e armas em sua casa e estabelecimento.

Informações são que durante a SulMaSSP, deflagrada na última segunda-feira (6) em todo o Estado, flagrou o dono da conveniência com armamento por volta das 23h50 da noite. No balcão do local, os policiais apreenderam duas munições.

O homem confessou ser deles as munições, afirmando que em sua casa teria outras, além de um revólver calibre .38. Na casa, os policiais localizaram mais 12 munições e a dentro do guarda-roupa. Ele disse que não tinha documentação, sendo preso em flagrante e levado para a delegacia.

Operação

Mais de 400 policiais ocupam as ruas da fronteira entre Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e Pedro Juan Caballero, no Paraguai. A ação teve início na segunda-feira (6) e envolve forças de segurança de Mato Grosso do Sul, , Paraná, e Rio Grande do Sul.

Além do forte efetivo de policiais, a operação, que está sendo denominada SulMaSSP, também chama a atenção pela mobilização de cinco helicópteros.

Além disso, só de São Paulo vieram 40 viaturas da Rota (Rondas Ostensiva Tobias Aguiar). Em cada uma delas vieram militares de elite que irão atuar também em e Aral Moreira.