O tio de 54 anos de uma menina de 8 anos foi condenado a 24 anos de pela Justiça após estuprar a por meses na casa da avó da menina, em uma cidade de Mato Grosso do Sul.

A decisão com a condenação em regime fechado foi publicada no Diário da Justiça desta segunda-feira (9). O crime foi descoberto em agosto de 2020, quando os pais da menina registraram o boletim de ocorrência. Os estupros ocorriam quando a criança visitava a avó materna.

O crime foi descoberto quando os pais da menina começaram a ter conversas com ela sobre abusos sexuais e como ela deveria agir, caso alguém passasse as mãos em seu corpo. Em agosto de 2020, durante uma destas conversas, a mãe da menina mostrou um vídeo de uma falando sobre abusos.

Ao ver o vídeo, a menina contou que o tio passava as mãos em seu corpo toda vez que estava na casa de sua avó, e que o autor a chamava para sentar em seu colo.

Os abusos ocorriam quando a avó estava na cozinha ou no banheiro e a menina nunca contou à avó sobre o ocorrido por vergonha.