A dona de pousada de idosos, presa após a descoberta de desvios de medicamentos do HRMS ( de Mato Grosso do Sul) por uma enfermeira da unidade hospitalar, ganhou liberdade nesta quinta-feira (9) em audiência de custódia. 

A dona da pousada ficou proibida de manter contato com funcionários do , de ausentar-se da cidade sem autorização e prévia comunicação e comparecimento em todos os atos do processo. A enfermeira do hospital foi demitida.

Representantes do Hospital Regional foram até a para fazer a denúncia de que a enfermeira da unidade hospitalar estava desviando insumos e medicamentos para uma pousada de idosos. Caixas com os insumos desviados eram descartadas nas lixeiras da casa de repouso, segundo informações policiais. 

Investigação

Segundo informações obtidas pela investigação, no domingo (5) e na segunda-feira (6), foram vendidos medicamentos pela enfermeira na casa de repouso dos idosos.

Em um cômodo que estava trancado, os policiais encontraram várias caixas de insumos e medicamentos desviados do Hospital Regional, que tinham a inscrição “Venda destinada a órgãos públicos e hospitais”.

A dona da pousada para idosos alegou à polícia que os medicamentos eram doados pela enfermeira e que não comprava os insumos. Os valores de medicamentos desviados ainda serão apurados.