Após a denúncia de desvio de medicamentos do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul por parte de uma enfermeira, o informou que pediu demissão da servidora. O caso foi descoberto na terça-feira (7).

Ainda conforme o HRMS, foi instaurado procedimento administrativo para apurar o ocorrido. A enfermeira é acusada do desvio de medicamentos, que eram armazenados pela dona da pousada, uma assistente social.

Representantes do foram até a para denunciar que a servidora estava desviando medicamentos para uma pousada de idosos. Assim, caixas com os insumos desviados eram descartadas nas lixeiras da casa de repouso, segundo informações policiais.

Também segundo informações obtidas pela investigação, no domingo (5) e na segunda-feira (6), foram vendidos medicamentos para a assistente social na casa de repouso dos idosos. Quando os policiais chegaram à pousada, funcionários confirmaram que a assistente social trabalhava no local.

Em um cômodo que estava trancado, os policiais encontraram várias caixas de insumos e medicamentos desviados do Hospital Regional, que tinham a inscrição “Venda destinada a órgãos públicos e hospitais”.

Já a assistente social, responsável pelo lar de idosos, alegou à polícia que os medicamentos eram doados pela enfermeira e que não comprava os insumos. Os valores de medicamentos desviados ainda serão apurados.

A assistente social acabou presa em flagrante por receptação e passa por audiência de custódia na quinta-feira (9).

Saiba Mais