A Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) fez uma batida em um açougue nesta terça-feira (5), no Bairro Guanandi, em Campo Grande, onde era comercializada carne podre e frios fora do prazo de validade.

Segundo informações, foram encontradas carnes vencidas, além de queijo e presunto estragados com vencimento em junho deste ano. A muçarela argentina era importada de forma irregular. A polícia também encontrou mortadela vencida há 3 anos.

As carnes estavam acondicionadas de forma irregular. O açougue foi lacrado pelos policiais. O açougue estava com alvará vencido desde 2021 e não tinha boas práticas de higiene, segundo o delegado Reginaldo Salomão. 

Além dos alimentos impróprios para o consumo, o dono do açougue fracionava outros alimentos sem permissão para venda. Todo o material apreendido será descartado e o dono do local levado para a delegacia para prestar esclarecimentos.  

Ainda não se sabe o peso da carne, muçarela e mortadela apreendidas pela polícia que usou um caminhão para levar os alimentos apreendidos. 

Uma cliente ficou surpresa com a polícia no local, já que sempre comprava no estabelecimento. “Venho lá do Itanhangá comprar aqui há três anos e acho tudo muito limpo e organizado, e tudo bem manuseado”, disse a dona de casa de 44 anos.