Um homem de 46 anos teve o carro, um Polo de cor cinza, levado por bandidos armados, após ter o veículo “fechado” na noite de segunda-feira (20), enquanto seguia sentido saída para em Campo Grande.

A vítima contou à polícia que seguia pela Rua Aracy Teixeira Nahas, sentido BR-163, e após passar a rotatória de uma entrada para a cidade, dois indivíduos em uma entraram na frente de seu veículo e o forçaram a parar.

Nesse momento, outro indivíduo em outra motocicleta foi até a porta do motorista e ficou apontando uma de fogo para a vítima. Enquanto isso, um dos bandidos da primeira motocicleta desceu e, apontando a arma, o mandou ir para o banco de trás.

Em seguida, outro veículo, que aparentava ser um Ford Ka Hatch de cor clara, chegou e dois indivíduos entraram. No carro, seguiam três criminosos e a vítima, que estava deitada no banco com uma arma apontada para as costas.

Os bandidos ficaram rodando com o carro, depois fizeram uma parada rápida, quando outro indivíduo entrou e ficou sentado por cima das pernas da vítima.

O homem foi deixado na Avenida Tamandaré, próximo ao Parque do Peão. Os criminosos fugiram levando o carro e R$ 11 mil que estavam dentro de um envelope, além de cartões, documentos, aliança e relógio.

À polícia a vítima contou ainda que viu quando os bandidos tentavam fazer ligações, mas não eram atendidas. O grupo não conversava dentro do veículo, nem entre eles mesmos. Os três bandidos dentro de veículo estavam armados.

O caso foi registrado como roubo majorado pelo concurso de pessoas e se a ameaça é exercida com emprego de arma de fogo na Depac Centro.