Polícia Civil investiga esquema de aliciamento de adolescentes para prostituição em MS

Três boates estariam ‘captando’ meninas para fazer programas; casal estaria envolvido
| 26/01/2022
- 15:44
Polícia Civil investiga esquema de aliciamento de adolescentes para prostituição em MS
(Ilustrativa)

A investiga um esquema de aliciamento de adolescentes entre 16 e 17 anos para a prostituição em cidade de Mato Grosso do Sul. As meninas seriam levadas de Campo Grande para fazer programas em pelo menos três locais.

Informações apuradas pelo são de que as adolescentes estariam sendo levadas para o município, já que seria época de colheita, e a cidade estaria com grande movimento. Um casal estaria envolvido no aliciamento das meninas. Ainda segundo informações obtidas pelo jornal, duas garotas seriam responsáveis por 'convidar' meninas para o trabalho nas boates. Nos últimos dias, pelo menos duas adolescentes foram levadas da Capital por um motorista de aplicativo para o trabalho nas casas de prostituição. 

As adolescentes trabalhariam nesses locais entre as 19 horas e 3 horas da madrugada do dia seguinte. A delegada a frente das investigações relatou que já está em andamento a localização dos supostos locais onde haveria prostituição de adolescentes. Mas, até agora, os aliciadores não foram identificados. Detalhes não foram repassados para não atrapalhar as investigações. 

O nome da cidade não foi revelado para não identificar as adolescentes e não atrapalhar as investigações.

Favorecimento à prostituição é crime

Submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 anos ou que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, facilitá-la, impedir ou dificultar que a abandone: 

Pena – reclusão, de 4  a 10 anos.

Veja também

Últimas notícias