Polícia deflagra operação contra o crime organizado na fronteira de MS

Ação envolve diversas delegacias e é desdobramento de operação desencadeada no mês passado
| 07/02/2022
- 13:23
Polícia cumpre mandados de prisão em Ponta Porã
Polícia cumpre mandados de prisão em Ponta Porã - Divulgação

A (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), com o apoio de várias delegacias das cidades de fronteira com o Paraguai, e também do Vale do Ivinhema, deflagram nesta segunda-feira (7) grande operação de combate ao crime organizado.

São cumpridos diversos mandados de prisão, busca e apreensão, em Ponta Porã, na divisa com Pedro Juan Caballero. Os alvos, segundo a polícia, são pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. 

Essa é a segunda fase da operação desencadeada no mês passado contra a quadrilha responsável pela carga de 1.400 quilos de maconha e fuzis apreendidos no dia 4 de dezembro de 2021 em Nova Andradina.

A primeira fase ocorreu no dia 6 de janeiro, também em Ponta Porã, onde a organização criminosa é baseada. Naquele dia, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e de prisão em Ponta Porã e Antônio João, além de Concórdia (SC). Duas pessoas foram presas e 470 quilos de maconha apreendidos. Após um mês de apuração das provas encontradas naquela data, os policiais voltaram às ruas hoje para mais prisões. São pelo menos sete alvos. 

Carga de fuzis

No dia 4 de dezembro, a polícia apreendeu uma caminhonete Ford F-250 com placas de Antônio João e um Nissan Versa com placas de (CE) que transportavam 1,4 tonelada de maconha, 17 fuzis calibre 556, duas submetralhadoras MP 5 milímetros, duas pistolas 9 milímetros, 103 carregadores, inclusive o modelo caracol com capacidade para 200 munições, e 630 cartuchos calibre 556.

 

Veja também

Agente de saúde estava indo entregar relatórios quando foi atingida pelo carro

Últimas notícias