A PMA (Polícia Militar Ambiental) do Grupamento do Parque Estadual das Várzeas do Rio retirou e apreendeu 250 metros de espinhel com 100 anzóis e 46 anzóis de galho na área e no entorno do parque. Policiais ambientais da Subunidade do Parque Estadual das Nascentes e das Várzeas do Rio Ivinhema (PEVRI), que trabalham na Piracema realizam operação fluvial de prevenção à predatória e outros crimes e infrações ambientais, dentro e no entorno da área do Parque e apreenderam diversos petrechos ilegais para a pesca.

De acordo com a polícia, durante os trabalhos preventivos, que se iniciaram na madrugada de hoje (3) aconteceram, até o momento, nos rios Curupaí, Ivinhema e seus afluentes e na Lagoa do Patos, e os Policiais já retiraram dos rios cinco cordas de espinhel, medindo 50 metros e com 25 anzóis cada uma, além de 46 anzóis de galho (petrechos proibidos). Os proprietários dos materiais ilegais não foram encontrados.

A equipe continua a fiscalização preventiva intensiva com o objetivo de vigilância dos cardumes e, assim, evitar a na região e na Unidade de Conservação, principalmente, a armação desses petrechos nos rios, os quais tem alto poder de depredação dos cardumes.