Polícia faz perícia em quarto de hotel onde mulher alega ter sido estuprada por colega de trabalho

Suspeito foi ouvido na delegacia e negou os fatos
| 19/07/2022
- 17:23
Polícia faz perícia em quarto de hotel onde mulher alega ter sido estuprada por colega de trabalho
Delegacia de Chapadão do Sul - Foto: O Correio News

Suposto caso de estupro de vulnerável na madrugada desta terça-feira (19) está em em Chapadão do Sul, município distante 330 quilômetros de Campo Grande. As partes envolvidas prestaram esclarecimentos na delegacia e o quarto de hotel onde o crime teria acontecido passou por perícia.

Conforme o delegado Felipe Potter, titular da Delegacia de de Chapadão do Sul, após o fato ser denunciado pela vítima foi feita a perícia criminal no quarto de hotel, bem como o exame sexológico na jovem. Também foi feita coleta de material genético de todos os envolvidos.

As testemunhas foram identificadas e objetos como as roupas da vítima e o lençol do quarto foram apreendidos para exames periciais. Todos os envolvidos no caso foram ouvidos na delegacia e imagens das câmeras de segurança do hotel foram recolhidas pela polícia.

Foi instaurado inquérito policial e o caso é investigado. A vítima relatou na delegacia que não se recorda do ocorrido e os suspeitos compareceram voluntariamente, negando o crime. A jovem passou por atendimento médico no hospital e foi acolhida pela rede feminina de Chapadão do Sul, para atendimento psicossocial.

Estuprada por colega durante viagem

A vítima procurou a delegacia e relatou que teria sido estuprada na madrugada desta terça-feira. Conforme o boletim de ocorrência, ela viajava a trabalho com um colega da empresa e estava hospedada em um hotel da cidade.

Os dois saíram com um amigo para jantar e ingeriram bebidas alcoólicas. Na volta para o hotel, a vítima teria perdido a consciência e acordado horas depois, com as roupas desalinhadas e sentindo ardência em partes do corpo, suspeitando que teria sido vítima e abuso.

Ela teria ligado para o namorado, que a orientou a procurar a delegacia. O caso é investigado como estupro de vulnerável.

Veja também

Policiais encontraram uma arma ilegal no bolso do casaco do homem

Últimas notícias