Passageiras gravemente feridas em acidente com morte em Campo Grande fazem vaquinha para tratamento

| 04/05/2022
- 22:20
Passageiras gravemente feridas em acidente com morte em Campo Grande fazem vaquinha para tratamento
Carro atingiu o poste após subir na calçada (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Três passageiras que estavam em um Ford Ka que colidiu contra um poste durante um racha, na qual vitimou a jovem Roberta da Costa Coelho, de 25 anos, na madrugada do último dia 16, precisam de ajuda para custear os devidos tratamentos de saúde e, por isso, fizeram uma "vakinha online" (clique aqui), para quem quiser e puder ajudar.

Todas as três já receberam alta e o valor doado será para custeios de planos de saúde, cirurgias futuras, fisioterapias, cadeira de rodas adaptada, transporte, entre outros.

A Loraine Fernandes Marçal, 23 anos, é uma das vítimas. Loraine disse à reportagem que teve cinco ossos da coluna fraturadas, nariz quebrado e duas lesões abertas na virilha por ficar prensada no acidente. Loraine conta que mesmo com a gravidade do acidente, está com o movimento de todos os membros, como braços e pernas. "Vamos melhorar, questão de tempo, mas haverá sequelas", disse.

Já Andreia da Silva Xavier 33 anos, acompanhante terapêutica, companheira de Loraine, teve o fêmur da perna direita que entrou na bacia, e, normalizou com a . Andreia também quebrou o joelho esquerdo, rompeu todos os ligamentos e com isso atingiu os nervos. Ela já passou por duas cirurgias e vai precisar de mais.

E, Aline da Silva Xavier, 24 anos, que trabalha como agente de atendimento, irmã de Andreia, sofreu fratura da clavícula, sendo fratura exposta, o fêmur entrou na bacia, e, na cirurgia conseguiram normalizar, mas os movimentos não voltaram totalmente.

Acidente

O acidente vitimou Roberta da Costa Coelho, de 25 anos, que estava no veículo Ford Ka com mais seis pessoas, entre elas Loraine, Andreia e Aline. O motorista do carro em que estavam, de 36 anos, estaria tirando um ‘racha’, quando subiu na calçada e atingiu um poste a mais de 100 km/h.

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) já ofereceu denúncia contra os dois motoristas, de 36 e 19 anos, envolvidos no racha. O motorista de 19 anos saiu do local, sem prestar socorro, logo após o acidente.

O condutor de 36 anos, que dirigia o carro onde estava a vítima, responderá pelo homicídio da jovem e ainda tentativa de homicídio contra os outros 5 passageiros. Devido ao acidente, ele foi levado em estado grave à Santa Casa, onde continua internado.

Veja também

Últimas notícias