Para roubar dinheiro ou cometer estupro: Campo Grande teve 5 sequestros em 20 dias

Falso frete e abordagem na saída de academias foram algumas das estratégias dos criminosos para sequestrar as vítimas
| 03/08/2022
- 14:51
Para roubar dinheiro ou cometer estupro: Campo Grande teve 5 sequestros em 20 dias
Ilustrativa (Foto: Henrique Arakaki / Jornal Midiamax)

Nos últimos dias, a Capital sul-mato-grossenses tem registrado uma série de crimes que envolveram a restrição de liberdade das pessoas, com objetivo de subtrair bens materiais, dinheiro ou estupro. Ao todo, desde o dia 14 de julho, mais de 5 casos diferentes estamparam as notícias policiais do Jornal Midiamax.   

O primeiro caso foi registrado na noite da quinta-feira, 14 de julho, duas mulheres, de 22 e 24 anos, foram sequestradas e estupradas, na saída de uma academia, no Bairro Conjunto União, em Campo Grande. O autor foi preso quando tentava se esconder em uma área de mata, perto da Força Aérea Brasileira.

As mulheres contaram na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) que saíram da academia por volta das 21h30 e foram em direção ao carro de uma delas. Uma das mulheres foi surpreendida pelo autor que a mandou ficar quieta. O homem que estava com uma faca amarrou as mãos da jovem e a mandou sentar ao lado do carro.

Em seguida, fez a mesma coisa com a outra mulher. Depois, o autor mandou que as vítimas entrassem dentro do veículo e disse para elas colarem o rosto ao banco. Ele assumiu a direção e levou as mulheres para um local ermo. Já na área de mata, o estuprador mandou que as vítimas descessem e sentassem no chão. Ele ainda vendou os olhos das vítimas.

mulher
(Henrique Arakaki, Midiamax)

O estuprador, então, expôs o órgão genital e passou a estuprá-las. As mulheres choraram e pediram para que o homem parasse. Assim que concluiu o crime, o autor ainda roubou R$ 400 e um fone de ouvido das vítimas.

O criminoso de 49 anos foi preso em flagrante na mesma noite. Ele já foi detido pelo mesmo crime e também disse à polícia que já foi preso por roubo e, atualmente, estava em liberdade condicional. A aconteceu nas proximidades da FAB (Força Aérea Brasileira), em Campo Grande.

Sequestrado enquanto carregava o caminhão

No início da manhã da segunda-feira, 19 de julho, um homem de 49 anos foi vítima de sequestro e roubo na região do Parque Novos Estados. Ele é caminhoneiro e carregava o veículo com adubo quando foi abordado por três bandidos armados. Um dos suspeitos portava um revólver e encostou a no tórax do caminhoneiro, que foi colocado em um Gol marrom.

Os bandidos levaram o homem até uma casa, onde foi mantido por várias horas. Depois, os suspeitos colocaram um capuz na vítima e a levaram até um matagal, onde permaneceu por mais 10 minutos aproximadamente, conseguindo então escapar.

Falso frete

Um caminhoneiro pulou de um carro em movimento, na manhã da sexta-feira, 22 de julho, na Avenida Tamandaré, em Campo Grande, após ser sequestrado por uma quadrilha, na saída de Terenos. Os bandidos conseguiram fugir.

Informações apuradas pelo Jornal Midiamax indicam que o caminhoneiro chegou a Capital pela manhã após ser contratado para um frete, e logo na entrada da cidade foi fechado pelos bandidos que anunciaram o assalto e mandaram que ele saísse do caminhão.

sequestro.jpeg Easy Resize.com - Para roubar dinheiro ou cometer estupro: Campo Grande teve 5 sequestros em 20 dias
Caminhoneiro sequestrado durante o falso frete (Foto: Henrique Arakaki / Jornal Midiamax)

Os bandidos colocaram o caminhoneiro dentro de um carro, que ele não soube precisar a cor ou modelo, e seguiram em direção à avenida. Quando chegaram na Avenida Tamandaré, a vítima pulou do veículo em movimento.

Ao abrir a porta do carro para fugir acabou acertando um motociclista, que não teve ferimentos. O caminhoneiro estava todo rasgado e sujo.

Mais uma mulher atacada na saída da academia

Uma mulher de 31 anos foi agredida a socos por um ladrão que tentou sequestrá-la na saída de uma academia, na noite desta segunda-feira, 1º de agosto, na Vila Carvalho, em Campo Grande. O ladrão foi preso. 

O crime aconteceu por volta das 22 horas quando a mulher saía da academia e foi surpreendida pelo ladrão, que entrou junto dela em seu carro. Ele estava com uma touca na cabeça e armado com uma faca. O autor exigia que a vítima dirigisse para ele.

A mulher se recusou e ofereceu para o ladrão seus objetos pessoais, mas ele passou a agredir a vítima com socos na cabeça e no rosto. A mulher passou a gritar e outras pessoas que passavam pela rua tentaram ajudá-la.

De dentro do carro, o ladrão falava que a vítima era namorada dele e que estavam apenas discutindo. Ele ainda disse que a mulher seria garota de programa para tentar despistar quem via a cena. Uma mulher que flagrou o ocorrido avisou que iria ligar para a polícia.

O homem saiu correndo e foi perseguido por populares que o agrediram e o amarraram até a chegada da polícia. A vítima correu para dentro da academia e esperou pelo namorado. O autor foi preso e levado para a delegacia.

Homem é sequestrado na saída de supermercado

Um homem foi sequestrado na saída de um supermercado, na noite dessa segunda-feira, 1º de agosto, no Bairro Mata do Jacinto, em Campo Grande. Os bandidos foram presos horas depois quando tentavam fugir a pé após bater a Hilux da vítima.

O sequestro aconteceu por volta das 19h20, quando a vítima deixava o mercado. Ele foi abordado pelos bandidos e colocado no banco de trás da camionete junto de um dos criminosos enquanto o outro dirigia o carro. Mas, o bandido acabou batendo em outro carro estacionado e abandonando a vítima.

Os policiais foram acionados e localizaram o celular roubado da vítima em meio a uma vegetação. Próximo ao local, cerca de 900 metros depois, um dos bandidos foi localizado. Ele tentou correr, mas acabou detido. Com o autor estava a aliança de casamento roubada da vítima.

Depois de preso, o criminoso acabou entregando seu comparsa, que também foi preso. Os dois foram levados para a delegacia.

Veja também

Últimas notícias