Imagens apontam que pistoleiros rondavam prefeitura na fronteira antes de atentado

Criminosos usaram um Polo de cor cinza no atentado a José Carlos Acevedo
| 24/05/2022
- 06:51
Imagens apontam que pistoleiros rondavam prefeitura na fronteira antes de atentado
Criminosos rondavam prédio da prefeitura de Pedro Juan Caballero (Reprodução/Telefuturo)

As autoridades paraguaias analisam novas imagens de momentos que antecederam o ataque ao prefeito de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Elas mostram que os pistoleiros já rondavam o prédio da e esperavam pelo momento certo para fazer o ataque.

Além da identificação do usado no atentado, um Volkswagen Polo, de cor cinza, que já fazia manobras na frente do prédio, um homem é visto com atitude suspeita, segundo os investigadores, conforme o Canal Telefuturo, uma emissora de TV do Paraguai. Ele estava de capuz e máscara e passava pela Alejo García.

José Luis Torres, um dos promotores que investigam o atentado ao prefeito José Carlos Acevedo, explicou à Rádio Monumental 1080 AM que há 4 pessoas privadas de liberdade outras em investigação por suspeitas de que possam estar envolvidas no crime.

“O fio seguido é a arma — usada por um dos assassinos. Foi possível alcançá-los com base em análises técnicas quase irrefutáveis”, afirmou o procurador sobre o estudo que foi realizado sobre os casos levantados no local do crime.

Veja também

Últimas notícias