Uma moradora de 30 anos procurou a nesta sexta-feira (4) em após perder R$ 9 mil ao fazer transferência em pix para estelionatário. A promessa era que dinheiro seria dobrado em meia hora.

Conforme o boletim de ocorrência registrado na Depac do Centro, a mulher viu uma publicação de uma amigo nas redes sociais, divulgando um suposto trabalho de uma amiga que trabalhava com ‘mineração de criptomoedas'.

A mensagem publicada por esse amigo divulgando era: ‘eu mesmo fiz e tive retorno em minutos, recomendo demais'. Em seguida marcando o perfil dessa amiga. A moradora se interessou e entrou em contato com a tal mulher para saber detalhes do que se tratava criptomoedas.

A mulher disse à moradora que o dinheiro era investido, encaminhado para uma seguradora, convertido e devolvido e o valor investido devolvido em dobro. Além disso, todo esse procedimento demoraria cerca de 30 minutos.

Ainda segundo a ocorrência, convencida, a moradora transferiu R$ 9 mil em pix, que após enviar o valor, voltou a entrar em contato com a mulher, que pediu mais dinheiro para devolver a “quantia em dobro”, mas só depois de olhar o perfil viu que havia diversas denúncias de fraude.

A polícia vai investigar para descobrir quem é a pessoa que recebeu o pix da vítima.