Morto no Aero Rancho seria envolvido com esquemas de 'facção'

Possível saída do esquema pode ter ocasionado sua morte
| 13/02/2022
- 12:32
Morto no Aero Rancho seria envolvido com esquemas de 'facção'
(Foto: Marcos Ermínio)

Morto com cinco tiros na madrugada deste domingo (13) no bairro , era envolvido com esquemas de facção segundo a polícia. A esposa acredita que Onofre foi morto por um desafeto que ele tinha antes de casar com ela.

Informações obtidas pelo Jornal Midiamax, dão conta que a possível saída do esquema [facção] pode ter ocasionado a morte. Onofre atualmente trabalhava como servente de pedreiro.

Uma moradora da região disse que constantemente tem brigas nessa residência onde o casal estava bebendo. "Era festa constante e muitas brigas, ninguém dorme no bairro no fim de semana", comentou.

A vítima tentou ir embora, tinha até tirado o carro para fora, mas acabou sendo baleado e perdeu os sinais vitais em menos de  dois minutos após os tiros.

A polícia trabalha em busca de informações que possam levar até o paradeiro do suspeito dos disparos.

O caso

Na madrugada deste domingo (13), um homem identificado Onofre Dias Neto, 35 anos, foi morto com vários disparos após uma discussão na Avenida Presidente Tancredo Neves, no Conjunto Aero Rancho, em Campo Grande. Autor do crime fugiu em um veículo cinza após o assassinato.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima estava em frente a sua residência ingerindo bebida alcoólica com sua esposa, momento em que apareceu um homem de cerca de 30 anos, que dizia ser irmão do Marcelo D2. Eles começaram a discutir então Onofre decidiu sair em seu carro.

A vítima estava indo embora, quando o autor sacou um revólver e efetuou vários disparos contra Onofre que morreu no local. Segundo a Polícia, a vítima estava com cinco perfurações, no peito, abdômen, costa e duas no braço.

A esposa de Onofre chamou o socorro, mas quando o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou ao local, a vítima já estava sem vida. Os peritos recolheram dois projeteis e duas capsulas de calibre 380. 

O caso foi registrado como homicídio simples na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

 

Veja também

Joe ainda falou que dono do lava jato mandava vídeos atirando dizendo que as balas eram para ele

Últimas notícias