A de uma menina de 12 anos descobriu que a filha estava sendo estuprada ao levá-la a um de uma cidade de Mato Grosso do Sul, após a vítima reclamar de dores abdominais. O caso foi registrado nessa quinta-feira (17) e a adolescente está grávida.

A mulher contou na DAM ( de Atendimento à Mulher) que a filha começou a reclamar de dores abdominais no dia 11 deste mês e que a levou no hospital da cidade. A menina foi atendida e a enfermeira, ao fazer um ultrassom, relatou para mãe que a adolescente estava grávida. 

Foi solicitado um novo exame de sangue para o dia 16 deste mês, mas ainda sem resultado. A mãe da menina relatou na delegacia que foi informada pelo Conselho Tutelar que o suspeito para o crime de estupro seria o padrasto da vítima.

A mulher contou nunca ter desconfiado do marido com quem tem outros filhos biológicos.

A menina contou à conselheira que o padrasto é o autor dos abusos que vêm acontecendo constantemente, sendo que o último estupro sofrido contra ela aconteceu no fim de semana.

Ela deve passar por atendimento psicológico. Não se sabe se o suspeito foi preso.