Mãe acusa vizinha de racismo e denuncia agressões: 'preto só serve para roubar'

“Preto só serve para matar e roubar”, teria dito a vizinha
| 24/01/2022
- 15:43
Caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia de Campo Grande.
Caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia de Campo Grande. - (Foto: Henrique Arakaki - Arquivo Midiamax)

Mulher de 64 anos, mãe de uma criança autista, procurou a delegacia nesta segunda-feira (24) para registrar boletim de ocorrência contra sua vizinha, em Campo Grande. Ela alega que a criança foi agredida e sofreu ofensas racistas.

Segundo o registro policial, a vizinha possui problemas psicológicos e “algumas vezes entra em surto”. A mãe alegou que há um tempo a vizinha teria começado a ameaçar a menina, dizendo que iria matá-la. Ela disse acreditar que a vizinha “invocou com sua filha”.

A mulher ainda relatou que a suspeita teria agredido a criança, e dito em seguida “preto é ladrão, preto só serve para roubar (sic)”. Ela confessou não ter desafetos com a vizinha e não entender o movido do comportamento dela.

O caso foi registrado como ameaça e injúria racial na delegacia da cidade, e será investigado.

Veja também

Últimas notícias