Idosa é sequestrada por casal no São Francisco e obrigada a sacar dinheiro em banco

Ela foi coagida pelos bandidos dentro da agência
| 04/02/2022
- 21:05
Suspeitos tentavam furtar a 5ª Delegacia
Vítima procurou a 5ª Delegacia - (Arquivo, Midiamax)

Dois dias após ser vítima de sequestro e roubo, de 68 anos procurou a polícia em Campo Grande nesta sexta-feira (4) para relatar o caso. Ela foi abordada pelos bandidos no Jardim São Francisco, sequestrada e levada até a agência bancária em um carro.

Segundo relato da vítima, ela andava pela rua quando foi abordada pelo casal que estava dentro do veículo, que ela não soube informar o modelo. No entanto, descreveu que o carro tinha banco de couro e câmbio automático. Os suspeitos eram uma mulher magra, morena, de cabelo preto comprido e de aproximadamente 35 anos, e o homem branco, olhos claros e aproximadamente 60 anos.

Os criminosos exigiram que a vítima sacasse R$ 5 mil e a levaram até uma agência bancária na Avenida Afonso Pena, região central de Campo Grande. A idosa foi acompanhada pelo homem e, na porta do banco, estava uma outra comparsa, uma mulher gorda, branca, de cabelos curtos castanhos e aproximadamente 40 anos.

“Você já está sabendo que tem que pegar R$ 5 mil?”, teria dito a autora para a vítima. A idosa pediu a senha para a atendente na porta do banco. Ela foi ao primeiro andar do banco acompanhada da criminosa, sendo ameaçada. Ao sair, ela foi novamente abordada pelo homem que a ameaçou “Não tenta fugir, não conversa e me segue”.

A idosa foi novamente levada ao carro, empurrada para dentro do veículo. Os suspeitos saíram do local e pegaram a bolsa da vítima, de onde retiraram o dinheiro e também o celular. Ela foi novamente deixada no Jardim São Francisco e os criminosos exigiram segredo sobre o roubo.

Na 5ª Delegacia de Polícia Civil, a vítima esclareceu que não suspeita de nenhum conhecido ou familiar. O caso é tratado como roubo majorado pela restrição de liberdade da vítima e pelo concurso de pessoas.

Veja também

Últimas notícias