Ferido a tiros após ser chamado no portão de casa segue em coma 6 dias depois

Estado de saúde ainda é considerado grave
| 11/07/2022
- 18:00
Ferido a tiros após ser chamado no portão de casa segue em coma 6 dias depois
Rua onde aconteceu o atentado - Reprodução/Google

de 37 anos, alvo de um atentado na noite do dia 5 de julho no Jardim Vida Nova, em Campo Grande, segue em coma na Santa Casa. Ele foi ferido a no portão de casa, após ser chamado por um desconhecido.

Conforme informações do hospital, o homem está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), intubado e em estado grave, mas estável. Ele foi vítima de tentativa de homicídio quando estava em casa e ferido a tiros no tórax, abdômen e braço.

O crime aconteceu por volta das 20h20, quando o desconhecido chamou pelo morador, que foi até o portão. Nesse momento, foram feitos disparos por uma fresta do portão, segundo uma testemunha.

A vítima tentou correr e caiu no corredor de sua casa já ferida a tiros. A esposa do homem chamou a Polícia Militar, que acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Perícia foi até o local e recolheu várias cápsulas de projéteis.

Uma testemunha contou ter visto o momento do atentado contra o morador, mas não soube dizer os motivos para a tentativa de homicídio.

Veja também

Família fala que homem tem esquizofrenia e surtos frequentes, mas não consegue internação

Últimas notícias