Ex-marido que assassinou Eloisa foi preso em 2013 por agredir e ameaçar namorada de morte

Ele também tinha passagens em outras cidades de MS
| 18/03/2022
- 18:34
Eloisa foi assassinada pelo ex-companheiro
Eloisa foi assassinada pelo ex-companheiro - (Divulgação)

Fabiano Querino dos Santos, apontado como autor do feminicídio da esposa, Eloisa Rodrigues de Oliveira, de 36 anos, já respondeu por violência doméstica contra ex-companheiras. O primeiro caso registrado teria acontecido em Selvíria, a 399 quilômetros de Campo Grande, em janeiro de 2013, quando ele foi preso em flagrante.

Naquele dia 8 de janeiro, Fabiano agrediu a então namorada, com quem estava junto há 10 meses. A vítima relatou que ele tinha voltado a beber e ficou bastante agressivo. Na ocasião, Fabiano agrediu a mulher com socos no rosto e ainda a ameaçou de morte, sendo preso em flagrante.

Foi oferecida denúncia pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), mas o processo acabou suspenso, após Fabiano não ser mais encontrado. Ele ainda teve outras passagens por crimes de violência doméstica, em Anastácio, Ribas do Rio Pardo e por último em Campo Grande.

Primeira denúncia feita por Eloisa

Eloisa começou a se relacionar com Fabiano em setembro de 2019. Pouco tempo depois, já em novembro, registrou contra ele o primeiro boletim de ocorrência, por lesão corporal dolosa, ameaça e injúria. No dia seguinte, voltou à (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e solicitou medida protetiva, após registrar um novo boletim.

No dia 12 de novembro, mais registro foi feito por perturbação e no dia 14 de novembro a vítima voltou a procurar a delegacia. Desta vez, contou que foi ameaçada por Fabiano, que acabou preso em flagrante por descumprir a medida protetiva de urgência. No entanto, acabou liberado com uso de tornozeleira eletrônica.

Segundo a delegada titular da Deam, Eliane Benicasa, Eloisa conheceu Fabiano em um terminal de ônibus, quando ela pregava para a igreja que frequentava.

Última denúncia

Duas semanas antes de ser morta a facadas pelo companheiro, Eloisa registrou o último boletim de ocorrência contra Fabiano. No registro, feito dia 3 de março, ela contou que no dia 1º o acusado foi até a casa dela tentando reatar o relacionamento, mas a vítima disse que não queria mais.

Neste momento, Fabiano passou a xingar a vítima e ainda a apertou no braço. Ele exigia que Eloisa entregasse R$ 500, que seriam relacionados a despesas da casa. Quando a vítima estava no banho, o autor agrediu o filho de 8 anos de Eloisa com chutes. Ele ainda teria dito a Eloisa que a mataria a facadas, caso não desse o dinheiro a ele.

Filho de 8 anos viu mãe ser morta por padrasto

O filho de 8 anos de Eloisa viu quando a mãe foi assassinada a facadas por Fabiano. Ele contou os fatos para uma amiga da vítima, que revelou ao que o autor perseguia e agredia Eloisa.

Segundo a amiga de Eloisa, a criança contou que a mãe havia chegado em casa depois de ir ao médico levar o caçula para um tratamento e estava acompanhada de Fabiano — que é pai do bebê. No entanto, o casal estava separado. Quando Eloisa estava sentada em uma cadeira mexendo no celular, o autor foi até a cozinha e pegou uma faca.

Na volta, ele teria puxado os cabelos de Eloisa por trás e desferido uma facada em sua barriga dizendo que estava cometendo o crime porque ela o havia traído. Segundo a amiga da vítima, Fabiano era ciumento e não deixava Eloisa em paz, a perseguindo sempre que ela tentava colocar um fim no casamento.

Ainda segundo o relato da amiga, Eloisa era proibida de frequentar a igreja que ela fazia parte. O pastor da igreja da vítima contou à delegada que sabia das agressões que Eloisa sofria. Após a morte de Eloisa na Santa Casa, a polícia foi até a casa da vítima onde a faca usada para cometer o crime foi apreendida.

O objeto estava dentro de um saco, lavado e danificado. Na residência, estava um pastor da congregação que era frequentada por Eloisa, que revelou aos policiais que sabia das agressões que a vítima sofria do ex-marido. Testemunhas prestam depoimento na Deam e Fabiano é procurado pela polícia.

Veja também

Uma comerciante sofreu escoriações leves em um grave acidente entre uma caminhonete S-10 e uma...

Últimas notícias