Homem de 26 anos foi preso com 107 tabletes de maconha, escondidos em uma residência para venda e num carro, na madrugada desta quinta-feira (15), no Bairro Presidente, em . Ele confessou armazenar o entorpecente a mando de um presidiário.

Segundo informações do boletim de ocorrência, policiais militares da 11ª CIPM abordaram o motorista de um VW Gol que tentou fugir ao ver a viatura. Questionado onde ele morava, informou que seria o Bairro e que estava no Bairro para ver uma menina que havia conhecido nas redes sociais.

Os militares desconfiaram do nervosismo do suspeito, e foi vistoriado o carro, quando encontraram 16 tabletes de maconha. O motorista afirmou que a droga pertencia a um preso, que foi contratado para entregar o entorpecente a uma menina que havia passado a localização.

Ele ainda informou que a droga ficou armazenada em uma residência desocupada que pertencia à sua , no Bairro Estrela Dalva, que está a venda. Foram encontrados 91 tabletes de maconha dentro de um guarda-roupa, que pesado posteriormente na Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) totalizou 84,6 quilos. Já a droga que estava no carro totalizou 14,2 quilos.

O suspeito foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e vai responder por tráfico de drogas. Também foram apreendidos balanças de precisão, petrechos para preparo da droga e um celular.