Após 'causar' em lanchonete, homem ameaça policiais dizendo que é filho de juiz

Ele ainda teria dito que era defensor público
| 25/05/2022
- 13:32
Após 'causar' em lanchonete, homem ameaça policiais dizendo que é filho de juiz
(Foto: Henrique Arakaki,Midiamax)

Confusão na madrugada desta quarta-feira (25) em uma lanchonete, na Avenida Afonso Pena, terminou na em Campo Grande. Um dos envolvidos, um homem de 31 anos, dizia a todo momento que era filho de juiz e que aquilo “não iria ficar assim”.

Segundo o registro policial, o segurança da lanchonete acionou a Polícia Militar e alegou que foi agredido pelos clientes. Os suspeitos teriam sentado em cima do balcão e foram orientados pelo segurança a descerem. Mesmo assim, ainda ficaram irritados.

A dupla ainda teria começado a usar cigarro eletrônico em área coberta, sendo orientada mais uma vez pelo segurança. Teve início a confusão, quando o homem de 31 anos teria ameaçado agredir o segurança, que o empurrou.

Houve discussão e a PM foi acionada. Todos foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, onde um advogado compareceu. Por várias vezes, o suspeito de 31 anos dizia que o pai era juiz e que aquilo não ficaria assim.

Ele ainda afirmava que era defensor e que todos seriam processados. O caso foi registrado como vias de fato.

Veja também

Últimas notícias