Aluna era assediada há 4 meses e diretor a tocou durante baile dentro da escola em MS

Diretor tentou por diversas vezes marcar encontro com a aluna: 'mexe com a minha imaginação'
| 12/05/2022
- 06:35
Aluna era assediada há 4 meses e diretor a tocou durante baile dentro da escola em MS
(Reprodução)

A aluna de 15 anos de uma escola estadual assediada pelo diretor da unidade escolar contou que o homem de 47 anos a importunava desde janeiro deste ano, mandando mensagens por redes sociais para ela. O diretor acabou afastado do cargo nessa quarta-feira (11) quando a mãe da vítima procurou a delegacia.

O caso aconteceu na cidade de Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande, e segundo o relato da garota, o diretor também importunava outras alunas da escola. Ela ainda revelou que durante um baile na unidade escolar, no fim do ano passado, o diretor passou as mãos nas suas costas e ela teria ficado incomodada com a situação.

Após isso, o diretor passou a enviar mensagens para ela. Em uma delas teria feito o seguinte comentário: “Com todo respeito, você está uma delícia”. Em outro comentário ele teria dito: “Você mexe com a minha imaginação”.

Ainda segundo a adolescente, o diretor tentou por diversas vezes marcar encontro com a aluna, na casa dele e em um clube. A garota ainda disse que após o comentário público ter sido feito pelo diretor e várias pessoas terem visto, ele deletou sua conta do Facebook. 

“Achei que mandava minha filha para a escola com proteção”, disse a mãe da aluna. A mulher ainda pediu que outras mães que souberem de casos semelhantes procurem a DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), onde o caso foi registrado.

A Semec (Secretaria Municipal de e Cultura) afastou o diretor das atividades. Também foi aberto PAD (Procedimento Administrativo Disciplinar) contra o diretor, que já estaria sendo investigado pelo (Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

Veja também

Últimas notícias