Acusado de estuprar menina de 13 anos, educador de abrigo é absolvido pela Justiça

Educador colocava brinquedos dentro da roupa para menina procurar
| 14/07/2022
- 07:57
Acusado de estuprar menina de 13 anos, educador de abrigo é absolvido pela Justiça
(Ilustrativa)

Um educador de 39 anos acabou absolvido pela Justiça de Mato Grosso do Sul, após ser acusado de estuprar uma menina de 13 anos, em uma de abrigo. Segundo relatos, a menina vítima dos abusos estaria com comportamento sexualizado, segundo psiquiatras que a atenderam.

Segundo consta na denúncia, o crime foi informado ao Conselho Tutelar sobre os abusos que a menina estava sofrendo pelo educador. A menina foi ouvida em depoimento por psicólogos, e relatou que o educador colocava brinquedo dentro da própria roupa e pedia para a menor procurar.

E após as ‘brincadeiras’, o educador a estuprava. Ainda segundo relatos da menina, os abusos ocorreram por diversas vezes. Em depoimento a psicóloga, ela notou que a vítima tinha um comportamento muito sexualizado dentro do abrigo.

A menina ainda foi encaminhada para um psiquiatra que relatou que a garota expressava um comportamento decorrente de abuso sexual na infância.

O educador foi absolvido porque, na avaliação da Justila, as testemunhas ouvidas não apresentaram qualquer outro elemento que levasse à condenação do homem. A sentença foi proclamada no dia 30 de junho deste ano, mas só publicada no Diário da dessa quarta-feira (13).

Veja também

No dia 9 deste mês foram cumpridos mandados na Prefeitura e CPUs foram apreendidos

Últimas notícias