‘A justiça aqui foi feita’: Amigos comentam morte de homem que assassinou ex e adolescente

Daniela e o filho foram mortos a facadas
| 02/06/2022
- 14:09
‘A justiça aqui foi feita’: Amigos comentam morte de homem que assassinou ex e adolescente
Daniela foi assassinada pelo ex - Foto: Reprodução, Facebook

“Esse monstro matou uma família inocente”, diz publicação feita por uma amiga de Daniela Luiz, assassinada aos 30 anos com o filho, adolescente, pelo ex-namorado. A postagem é uma foto de João José Furtado Nunes, que era procurado pela polícia e morreu na manhã desta quinta-feira (2), em troca de tiros.

João era apontado como autor do feminicídio da ex-namorada, bem como assassinato do filho adolescente de Daniela, um menino de 14 anos. O filho mais novo da vítima, de apenas 4 anos, presenciou o crime e pediu socorro a vizinhos.

“Matou uma família inocente, indefesa. Meu coração sangra, uma família destruída”, diz a publicação de uma amiga da vítima no Facebook. “Metade de mim se foi”, diz em outra foto. “Até quando meu Deus”, diz uma conhecida em comentário, sobre o feminicídio.

“Sei que de onde estiver, saberá que a justiça aqui foi feita”, disse uma amiga de Daniela, após a morte de João José.

Daniela e filho adolescente foram mortos
Foto: Reprodução, Facebook

Morte em troca de tiros

Durante buscas a João José, houve troca de tiros com os policiais e ele acabou morrendo em Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande. Ele é apontado como autor do assassinato da ex e do filho dela. A mãe de Daniela também foi ferida pelo autor e está na de Campo Grande.

Após o crime, a polícia saiu à procura de João e, quando encontrado, ele trocou tiros para tentar fugir, mas acabou atingido. João chegou a ser levado pelos militares até o hospital da cidade, mas já estava morto.

O suspeito seria do estado do Maranhão, e estaria na cidade atrás de emprego, com a recente instalação de indústrias locais. Não havia nenhum registro de boletim de ocorrência por violência doméstica feita contra ele por Daniela.

Feminicídio e assassinato de adolescente

O crime aconteceu por volta das 23 horas de quarta-feira (1º). A polícia recebeu chamado, informando que uma criança de 4 anos estava na rua com as roupas sujas de sangue gritando: “mataram minha mãe, socorro”.

Quando os militares chegaram e foram até um cômodo nos fundos da casa encontram o adolescente de 14 anos, Gustavo Luiz, morto. Ele tinha vários ferimentos de facadas nas costas e no peito. Daniela também foi encontrada sem vida, com várias perfurações de faca na cabeça e no pescoço.

Outra mulher de 52 anos foi localizada com vários ferimentos de facadas, sendo socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levada para o hospital. Mas, devido ao seu estado de saúde, a vítima foi transferida para a Santa Casa de Campo Grande.

Segundo as testemunhas, o suspeito seria possessivo e ciumento. Ele, inclusive, já teria ameaçado Daniela em outras ocasiões.

Veja também

Suspeito era conhecido na região por oferecer drogas para mulheres em troca de programas sexuais

Últimas notícias