Vídeo mostra o momento Fabrício Buim Arena Belinato, de 36 anos, principal suspeito do assassinato da esposa e da enteada de nove anos, em Pompeia (SP) é levado pela GCM (Guarda Civil Municipal) à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Cepol (Centro de Polícia Especializada), no início da noite desta segunda-feira (08).

Ele foi localizado por meio de denúncia anônima. As vítimas haviam sido encontradas enterradas na terça-feira da semana passada. Cristiane Pedroso dos Santos Arena, de 34 anos, e a filha Karoline Vitória dos Santos Guimarães estavam desaparecidas desde o fim de novembro do ano passado. Os corpos estavam sob contra piso de concreto, no quintal de casa no distrito de Paulópolis, região de Pompeia.

Fabrício chegou a prestar esclarecimento enquanto as vítimas eram dadas como desaparecidas, porém, não foi mais encontrado. Nesta segunda, ele foi filmado por câmeras de segurança circulando pelas ruas de Bataguassu, cidade a 335 quilômetros de Campo Grande.

A cidade fica na região de divisa com o Estado de São Paulo e o suspeito teria procurado uma entidade cristã que acolhe pessoas pobres. Uma adolescente de 16 anos, filha da vítima, também teria participado do crime e foi apreendida. Fabrício foi encaminhado pela guarda à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Cepol (Centro de Polícia Especializada).