Polícia

Pai perde guarda de filho e mãe descobre estupro ao dar banho em menino de 5 anos

Autor acabou condenado a 14 anos de prisão, além do pagamento de indenização de R$ 8 mil

Thatiana Melo Publicado em 06/10/2021, às 09h38

None
(Ilustrativa)

Após voltar a ter a guarda do filho de 5 anos e 11 meses, mãe descobriu que o filho era estuprado pelo próprio pai, de 23 anos, em cidade de Mato Grosso do Sul. A criança morava com o pai, que tinha a sua guarda, mas após o descumprimento de medida judicial perdeu a guarda do menino, que passou a morar com a mãe.

A mãe acabou descobrindo que o ex-marido abusava do filho do casal quando reparou que o menino tinha alguns hematomas em sua perna. Ela questionou o filho sobre os machucados, foi quando a criança contou que era estuprado pelo pai.

O menino contou que havia apanhado do pai e que era abusado pelo autor. Ele ainda falou que os estupros sempre ocorriam quando o pai estava no banho, e o chamava para ir até o banheiro. A vítima ainda disse que por duas vezes chegou a vomitar durante os abusos.

A mulher denunciou o ex-marido à polícia que acabou condenado a 14 anos de prisão, além do pagamento de indenização ao filho de R$ 8 mil.  

Jornal Midiamax